Notícias

Ingressando nos Cursos de Graduação da Unioeste

(atualizado às 17h30 de 07/10/2013)

 

Adesão ao SiSU

No ano letivo de 2014 a Unioeste participará do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do Governo Federal.

Com isso, 50% das vagas dos cursos de graduação da Unioeste serão disponibilizadas para ingresso pelo SiSU e 50% pelo Vestibular.

O Vestibular e o SiSU são processos separados e independentes.

Ninguém é obrigado a participar dos dois processos, porém, para o ingresso na série inicial dos cursos da Unioeste é necessária a participação em um desses processos, sendo opcional a participação em ambos.
O Enem só é obrigatório caso o candidato pretenda participar da seleção via SiSU.
Se optar por participar apenas do Vestibular, não é necessário informar, nem participar do Enem.

Tanto no SiSU, quanto no Vestibular, a seleção é feita de acordo com o desempenho do candidato nas provas e sua classificação frente aos demais.

Para a inscrição pelo SiSU, o candidato deve estar inscrito e participar do ENEM 2013, observando e cumprindo seus prazos e normas, bem como estar atento para a abertura do processo de inscrição no SiSU 2014.

Para inscrição pelo Vestibular, o candidato deverá fazê-lo pelo site do Concurso Vestibular 2014.

A grande vantagem para o candidato é que ele passa a ter duas chances de ingressar nos cursos da Unioeste, uma vez que ele pode inscrever-se em ambos os processos.

No caso dos cotistas, a chance é quatro vezes maior, uma vez que 50% das vagas em cada processo seletivo é reservado aos cotistas.

Além disso, o candidato pode optar por inscrever-se num curso pelo SiSU e em outro curso pelo Vestibular.

Vale lembrar que só é permitida a matrícula em apenas um curso.

 

Cotas

Em ambos os processos (SiSU e Vestibular), 50% das vagas serão destinadas a candidatos cotistas, ou seja, aqueles que não tenham concluído curso de graduação e que fizeram todo o ensino médio, exclusivamente, em escola pública do Brasil.

As demais vagas são para ampla concorrência.

Exemplificando:
Considere um curso que tenha 40 vagas.
Destas vagas, 20 serão para o SiSU e 20 para o Vestibular.
De cada uma dessas 20 vagas, 10 serão para cotistas e 10 para ampla concorrência.

Em resumo:
10 vagas serão para seleção pelo SiSU para candidatos cotistas
10 vagas serão para seleção pelo SiSU para ampla concorrência
10 vagas serão para seleção pelo Vestibular para candidatos cotistas
10 vagas serão para seleção pelo Vestibular para ampla concorrência

Ou seja:
20 vagas serão para candidatos cotistas
20 vagas serão para ampla concorrência

 

Inscrições:

As inscrições estão abertas e serão encerradas as 17 horas do dia 11/11/2013.

O valor da taxa é R$ 100,00 e não haverá isenção para o Vestibular.

Para fazer a inscrição o candidato deve acessar o site do Vestibular: www.unioeste.br/vestibular

 

Isenção:

Com a adesão ao SiSU, o número de isenções para os candidatos participarem de um processo seletivo para ingresso nos cursos da Unioeste aumentou substancialmente.

Agora, todos os candidatos que estiverem concluindo o ensino médio em escola pública, de qualquer parte do Brasil, poderão inscrever-se no Enem 2013 sem qualquer custo.

Como o SiSU é processo sem taxa de inscrição, todos esses candidatos poderão tentar o ingresso pelo SiSU em um dos cursos da Unioeste de forma isenta.

Além disso, o Enem tem um processo próprio de isenção para aqueles que não são concluintes do ensino médio, podendo requerer sua isenção para participação do Enem.

E, ainda mais, como o Enem tem um número de inscritos muito maior, dada sua abrangência nacional, a taxa de inscrição para participação é consideravelmente menor, em relação ao Vestibular: R$ 35,00

Porém, vale observar que, participando apenas do SiSU, o candidato concorre apenas a 50% das vagas.

Para participar dos 50% restantes, é necessária a inscrição no Vestibular, para o qual não haverá isenção.

 

Opção de língua estrangeira:

A partir da edição 2014 do Vestibular alterou-se, parcialmente, a forma de seleção da língua estrangeira.

Nos cursos em que a língua estrangeira foi definida como uma das matérias da área de conhecimento afeta ao curso, é automática e obrigatória a seleção desta língua como opção de prova.

Nos demais casos, permanece a livre opção do candidato (a prova de língua estrangeira é obrigatória para todos os cursos).

 

Provas:

As provas ocorrerão nos dias 8 e 9 de dezembro de 2013, no período da tarde, sendo que os portões serão abertos às 13h10 e fechados às 13h40.

No primeiro dia, será aplicada a prova com as matérias de Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, Química e Sociologia, totalizando 49 questões.

No segundo dia, será aplicada a prova de Redação e a prova com as matérias de Língua Estrangeira, Literatura, Matemática e Português, totalizando 28 questões.

 

Processo Classificatório e Pontuação:

Diferente dos últimos anos, ao invés de realizar uma prova de conhecimentos específicos, será aplicada uma pontuação diferenciada para as matérias da área de conhecimento afeta ao curso.

Para essas matérias, cada questão valerá 36 pontos, enquanto que, para as demais, cada questão valerá 14 pontos.

Além disso, o zeramento nas matérias não será motivo de desclassificação do candidato.

Apenas o zeramento na prova de Redação eliminará o candidato do Vestibular.

Essa foi uma opção da Universidade para aumentar as chances de ocupação de 100% das vagas disponibilizadas em seus cursos de graduação.

Última atualização em Quarta, 06 Novembro 2013 19:56